se Brz EMR - Reefer Container Brasil: Resultado operacional da Maersk melhora em 25%
back to top

Resultado operacional da Maersk melhora em 25%

A Maersk atingiu no segundo semestre com um resultado operacional de 1,1 mil milhões de dólares no negócio Oceânico. 25% acima do realizado há um ano.



O aumento dos volumes transportadores e das tarifas médias e a contenção dos custos permitiram à Maersk melhorar significativamente os resultados no segundo trimestre, em comparação com o período de 2018.

A área da Linha do grupo Maersk atingiu um volume de negócios de 7,2 mil milhões de dólares, 198 milhões de dólares acima do realizado há um ano.

Os volumes transportados atingiram os 3,447 milhões de TEU (cheios), o que representou um aumento homólogo de 1,4%, mas ficou abaixo dos 2% do mercado. A tarifa média subiu 1,5% e chegou aos 1 868 dólares/TEU).


Do lado dos custos, a Maersk conseguiu conter a fatura do combustível e reduzir outros custos, nomeadamente com a racionalização do network.

E assim a margem operacional saltou para os 14,9% (contra os 12,3% de há um ano).

No acumulado do primeiro semestre, o volume de negócios chegou aos 14,1 mil milhões de dólares (13,8 mil milhões na primeira metade de 2018), o EBITDA tocou os 1,995 mil milhões de dólares (1,5 mil milhões) e a margem operacional atingiu os 14,2% (11%).

Para o final do ano, a Maersk mantém a expectativa de crescer com o mercado, entre 1-3%.

No que toca à frota, concluído o processo de renovação a companhia descarta encomendas de navios de grandes dimensões pelo menos até 2020.

Nenhum comentário :