se Brz EMR - Reefer Container Brasil: Superaquecimento e subresfriamento em refrigeração
back to top

Superaquecimento e subresfriamento em refrigeração

 Fonte: Mestre da Engenharia
Podemos medir dois tipos de superaquecimento e subresfriamento que ocorrem nos componentes do sistema como evaporador ou condensador, ou seja, o útil e o total. De acordo com a figura a seguir, o superaquecimento útil pode ser medido através dos seguintes passos:

1º passo: medir a temperatura de evaporação instalando um manômetro de baixa pressão na saída do evaporador, converter a pressão indicada no manômetro em temperatura.

2º passo: com um termômetro medir a temperatura de sucção próximo ao bulbo da válvula termostática.

O valor do superaquecimento será:

Superaquecimento útil =  temperatura de sucção – temperatura de evaporação

 


 

Já o superaquecimento total é medido pelos seguintes passos de acordo com a figura a seguir:
1º passo: medir a pressão de sucção da válvula de serviço do compressor e determinar a temperatura de evaporação.
2º passo: medir a temperatura da linha de sucção em torno de 10cm antes da válvula de serviço do compressor.

O valor do superaquecimento será:

Superaquecimento total =   temperatura de sucção – temperatura de evaporação

 


 

Normalmente o valor do superaquecimento útil é idêntico ao superaquecimento total. A maioria dos fabricantes de válvulas termostáticas recomenda um superaquecimento total compreendido entre 8 a 20K.

Superaquecimento muito baixo pode resultar em retorno de líquido ao compressor que poderá causar quebra mecânica prematura nos componentes como pistões, virabrequim, anéis, etc. Já um superaquecimento muito alto resultará em altas temperaturas de descarga, diminuição da capacidade frigorífica do evaporador e aumento da potência do compressor.

Para medir o subresfriamento proceda através dos seguintes passos:

1º passo: medir a pressão de condensação na válvula de serviço de alta pressão do compressor e determinar a temperatura de condensação correspondente.

2º passo: medir a temperatura da linha de líquido antes do filtro secador

O valor do subresfriamento será:

subresfriamento =   temperatura de condensação – temperatura linha de líquido

É desejável obter um subresfriamento do líquido proveniente do condensador variando de 3 a 5K.




Exemplo prático:

O Fluido Refrigerante R22 é utilizado em um sistema de refrigeração por compressão de vapor onde num determinado momento mediu-se a temperatura na saída do evaporador sendo de -3°C, e na entrada do compressor de 5°C a pressão de sucção é de 37 Psi. Determinar:

  1. O superaquecimento útil;
  2. O superquecimento total.

Solução
1. Superaquecimento útil = temperatura de sucção – temperatura de evaporação Temperatura de sucção na saída do evaporador = -3°C
Temperatura de evaporação (para 37Psi) = -10°C
Superaquecimento útil =    -3 – (-10) = 7K

2. Superaquecimento total = temperatura de sucção – temperatura de evaporação
Temperatura de sucção na entrada do compressor = 5°C
Temperatura de evaporação (para 37Psi) = -10°C
Superaquecimento total  =    5 – (-10) = 15K

Nenhum comentário :